segunda-feira, 11 de março de 2013

Espargos


Cultivar espargos


Local: Bem drenado e, importante, sem ervas daninhas perenes. Os espargos são plantas perenes, podendo estar em produção durante 20 anos. As raízes são superficiais, pelo que é não é recomendável a sacha para controlo de infestantes; será preferível um bom controlo inicial das ervas daninhas e a utilização de palhagem.

Sementeira: Ao ar livre, no início da Primavera. As plantas devem ser desbastadas de modo a ficarem a 15cm umas das outras. No início da Primavera seguinte, as raízes, vulgarmente chamadas coroas, devem ser transplantadas para o local definitivo.

Plantação: Numa vala com 20cm de fundo e 30cm de lado, fazer um aterro ao longo do meio, com 10cm de altura, por forma a permitir colocar os centros das coroas superficialmente e as raízes espalhadas pelos lados mais fundos. As plantas devem ficar à distância de 40cm umas das outras. Tapar a vala com terra e cobrir com uma camada de palhagem ou composto.





Cultivo: Manter o canteiro erradicado de ervas daninhas. Regar em tempo seco. Estacar a folhagem, com canas espetadas no intervalo das plantas e cordel entre elas para amparar as folhas, que tombam facilmente com o vento. No final do Outono, quando as folhas amarelecem, devem ser cortadas rente ao solo e o canteiro coberto com uma camada de composto bem curtido.


Colheita: Mão efectuar colheita no ano a seguir à plantação; e só muito pouco, no caso do crescimento ter o aspecto de muito bom, na segunda primavera. No terceiro ano a partir de plantação, efectuar colheitas quando os turiões atingem a altura de 13 a 1 cm, usando uma faca afiada e executando o corte 2 cm abaixo da superfície do solo. A melhor época para fazer é de meados da Primavera a inícios do Verão. Nos anos a seguir, efectuar cortes durante as oito semanas seguintes, até meados do Verão.

2 comentários:

  1. tem para venda os espargos? De onde são? Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia Rute,
      este blog serve apenas para partilhar algumas histórias da nossa horta comunitária e dicas de agricultura. Neste momento os artigos que produzimos são apenas para consumo próprio.
      Obrigada

      Eliminar